Select language



exercicios na gravidez

A prática de atividades físicas durante a gestação é uma recomendação frequentemente fornecida pela maioria dos obstetras durante o seguimento pré-natal. E não é à toa!

Desde que autorizados pelo especialista e restritos às atividades de baixo impacto, os exercícios realizados durante a gravidez podem proporcionar diversas vantagens tanto para a gestante quanto para o bebê.

O exercício físico promove o fortalecimento do tônus muscular, fornecendo a força e resistência necessárias para auxiliar a gestante com a carga de peso extra dessa fase, ajudando na preparação para o esforço exigido no momento do parto e sendo essencial para que o corpo da gestante consiga recuperar a forma pré-concepcional no período do pós-parto.

Além disso, de acordo com especialistas em obstetrícia, praticar atividade física ajuda a amenizar muitos dos principais desconfortos causados devido às alterações físicas e hormonais pelas quais o organismo da mulher passa durante essa fase, tais como:

  • Dores nas costas, principalmente na região lombar;
  • Constipação intestinal;
  • Cansaço;
  • Inchaço nas pernas e nos pés;
  • Oscilações de humor;
  • Insônia ou excesso de sono, entre outros.

Se a mulher já tiver o hábito de se exercitar antes da gestação, será preciso reavaliar o treino que realiza e, conforme as orientações do especialista, alterar a frequência ou a carga de alguns exercícios específicos.

obstetras recomendam atividades físicas

Quais exercícios os obstetras recomendam?

As atividades físicas mais indicadas para as gestantes são aquelas que não exigem tanta agilidade ou movimentação brusca. Os melhores exemplos de exercícios físicos recomendados para as gestantes são:

  • Caminhadas;
  • Natação;
  • Hidroginástica;
  • Corridas leves;
  • Bicicleta ergométrica;
  • Alongamento.

Muitas mulheres buscam realizar outras atividades durante a gestação, tais como yoga e pilates, sendo que não existem muitas contraindicações para a realização de tais modalidades durante a gravidez.

Entretanto, para esses casos, é preciso ter certeza de que os exercícios passados são adequados e que o profissional que estará orientando a atividade possui experiência profissional com gestantes.

bedmed_616x50_oferta2_CTA

Existem restrições de atividades físicas para gestantes?

Além dos exercícios de alta intensidade, atividades competitivas ou de alto impacto não devem ser praticadas pelas gestantes.

Os principais tipos de exercícios que devem ser evitados são: jumping, spinning, aula de step, aula de agachamento ou lutas.

Contudo, mesmo quando a gestante opta por praticar atividades aeróbicas, de alongamento ou de baixo impacto, existem algumas possíveis contraindicações, tais como:

  • Risco de parto prematuro;
  • Problemas com hipertensão gestacional ou pré-eclâmpsia;
  • Sangramento vaginal;
  • Dilatação prematura do colo uterino ou incompetência istmo-cervical;
  • Problemas cardíacos prévios;
  • Placenta prévia.

Para qualquer atividade física é essencial que a gestante fique sempre atenta aos seus batimentos cardíacos, que não podem ultrapassar os 150 bpm, e à temperatura do corpo, que não deverá se elevar muito.

Vale lembrar que caso a gestante comece a sentir algum desconforto durante a execução de determinado exercício, é fundamental parar de realizar tal atividade e entrar em contato com o médico obstetra que acompanha o seu caso.

bedmed_616x285_oferta2_blog_CTA





Deixe um comentário