Select language
Blog


A evolução da gravidez 35ª a 40ª semana de gestação

Esta é a reta final da gestação! A partir da 37° semana, a gravidez já é considerada a termo e seu bebê poderá vir ao mundo a qualquer momento. Todos os preparativos para o parto devem estar encaminhados.

Confira como é a evolução da gravidez nas semanas finais da gestação:

35ª semana de gestação

O bebê mede cerca de 46 cm e pesa entre 2350 a 2500 g. A temperatura corporal já é controlada e começam a se formar as dobras dos cotovelos, joelhos, punhos e pescoço. Suas conexões neuronais já estão formadas e ele apresenta 70 reflexos diferentes.

Ainda que o sistema gastrointestinal não esteja completamente formado, isso não é um problema, pois ele só se desenvolverá completamente entre 3 a 4 meses após o nascimento.

segurança na hora do parto

36ª semana de gestação

Essa semana marca a primeira semana do nono mês de gestação. Devido à proximidade do nascimento, é necessário que a mãe conheça quais são os principais indícios do trabalho de parto. O bebê tem cerca de 48 cm e pesa 2600 g.

Nessa fase, mais de 15% do corpo do bebê é formado pela gordura acumulada nas últimas semanas.

O fundo do útero está localizado numa região bem abaixo das costelas. O médico responsável poderá fazer um exame pélvico para determinar se o parto está próximo. A partir da 36ª semana, as consultas ao obstetra tornam-se semanais.

37ª semana de gestação

A partir dessa semana, a gravidez é considerada a termo, o que indica que o nascimento pode ocorrer a qualquer momento. O bebê continua a ganhar peso, podendo pesar entre 2800 a 2900 g e medir mais de 48 cm.

Apesar dos ossos já terem se enrijecido, os ossos da cabeça ainda são moles e podem sobrepor-se para atravessar o canal de parto. Apesar do sistema imunológico ainda não estar completamente desenvolvido, ele vai se fortalecer após o nascimento, devido à composição do leite materno.

Na consulta médica dessa semana, o médico obstetra deverá avaliar:

  • Perda de líquido ou sangramento por via vaginal;
  • Presença de contrações uterinas;
  • Movimentação fetal;
  • Posição fetal.

38ª semana de gestação

O bebê continua a engordar e pode passar os 3000 g. Os intestinos começam a produzir mecônio, que é a primeira matéria fecal que será expelida após o parto. Todos os órgãos e sistemas estão prontos para a vida fora do útero. A cabeça já está proporcional ao resto do corpo.

39ª semana de gestação

Com o bebê ainda no útero, ele continua a crescer e pode nascer com mais de 50 cm e cerca de 3250 g. Caso sinta qualquer alteração, a mulher deve entrar em contato com seu médico e procurar o pronto-atendimento do hospital escolhido para o parto.

Nessa semana, o bebê já está desenvolvido e possui cerca de 300 ossos que, ao longo da vida, vão se unir e resultarão em 206 ossos que constituem o ser humano.

40ª semana de gestação

O bebê já está bem grande, com quase 3400 g e cerca de 54 cm. O ritmo cardíaco é de 120 a 160 batimentos por minuto. Ao nascer, o sangue passará a correr pelos pulmões, dando autonomia respiratória para o recém-nascido.

A partir dessa semana, caso o bebê ainda não tenha nascido, as visitas ao obstetra devem ser duas vezes por semana. A mulher deve estar atentar aos sinais de alerta do trabalho de parto.

Após essas 40 semanas, desejamos que mamãe e bebê estejam bem e possam aproveitar esse momento único e especial juntos!

———-

Confira os outros artigos sobre a Evolução da Gravidez:

Agendar




Deixe um comentário