Select language

ESPECIALISTAS EM ENDOMETRIOSE



A endometriose é uma doença que ocorre quando tecido que reveste a cavidade uterina surge fora do útero. Ele pode aparecer e comprometer tecidos de outros órgãos da pelve, como trompas, ovários, intestino e bexiga.

Todos os meses, as células endometriais se multiplicam para receber o óvulo fertilizado. Quando isso não ocorre, essas células são expelidas através na menstruação. Em caso de endometriose, essas células se multiplicam fora do útero, se alojam nas paredes de outros órgãos da região pélvica formando pequenos cistos.

 

SINTOMAS

 

Os principais sintomas da endometriose são dores fortes e infertilidade. Existem casos da doença em que mulheres não apresentaram nenhum sintoma e nenhum tipo de desconforto.

Os principais sintomas são:

– Dores intensas antes e durante o período menstrual.

– Dores nas relações sexuais.

– Sangramentos intensos ou irregular durante o período menstrual.

– Infertilidade.

– Dores na região pélvica

– Fadiga

– Alterações no intestino ou no funcionamento da bexiga em períodos menstruais.

 

DIAGNÓSTICO

–  O diagnóstico pode ser feito através dos sintomas relatados ao médico.

– Ultrassom, onde o médico pode verificar se há presença de alguma irregularidade nos órgãos da região pélvica

– Ressonância magnética, onde os médicos possuem uma análise mais profunda se há algum tipo de cisto nos órgãos da região pélvica.

– Laparoscopia: É um exame onde o médico faz uma pequena abertura na região pélvica do paciente e com a ajuda de um aparelho, ele procura cistos de endometriose. Esse exame é a última opção dos médicos, porém, ele traz um diagnóstico muito preciso da doença.

 

 

 

TRATAMENTO

 

A endometriose pode ser tratada por duas maneiras: Medicamentos ou cirurgia.

A escolha do tratamento será feita pelo médico de acordo com gravidade da doença de cada paciente.

Por medicamentos:

Existem algumas variações de medicamentos para o tratamento de endometriose, como analgésicos, anti-inflamatórios, análogos de GNHR, Danazol e Dienogeste. Hoje, também é possível reduzir os sintomas utilizando DIU com levonorgestrel.

Por cirurgia:

Em casos simples, a cirurgia é realizada por laparoscopia. É um procedimento pouco evasivo, que consegue cauterizar focos da doença através de laser.

Em casos mais graves da doença, muitas vezes é necessário que se retire algum órgão da região pélvica que esteja muito afetado.

 

A clínica BedMed, oferece uma grande diversidade de serviços voltados exclusivamente para a saúde da mulher. Atendemos desde exames preventivos até tratamentos cirúrgicos.

A BedMed atende nas principais áreas da Ginecologia e Obstetrícia: Medicina fetal, especialidade em endometriose, videolaparoscopiareprodução humana, obstetrícia de alto risco e ginecologia endócrina.