Select language



Cinco dicas para aliviar os sintomas da menopausa | BedMed

A menopausa é um termo utilizado para definir o término da menstruação e da fertilidade da mulher, representado pela parada da menstruação por um período superior a doze meses.

A menopausa geralmente ocorre entre os quarenta a cinquenta anos de vida da mulher, porém a média da menopausa da mulher brasileira gira em torno dos cinquenta anos.

Apesar de ser um processo biológico natural, muitas mulheres têm dúvidas e medos sobre o tema, principalmente sobre como lidar com os principais sintomas dessa fase, tais como as “ondas de calor”, insônia, ansiedade e até mesmo a depressão.

Com o avanço da medicina, a maior parte dos desconfortos e problemas do período pode ser minimizada ou tratada. Uma mulher preparada e informada sobre os principais tipos de tratamentos para menopausa pode apresentar mais qualidade de vida nesta nova fase.

5 dicas para aliviar os sintomas da menopausa

Crie bons hábitos de sono
Durante a menopausa, a mulher apresenta uma queda significativa nos níveis de estrogênio, o que pode ocasionar problemas no sono. Dormir com qualidade, por pelo menos 8 horas por noite, é importante para evitar confusão mental e baixa libido, sintomas também associados à menopausa;

Mantenha seus exames em dia
Conversar com seu médico é sempre a melhor opção para tirar dúvidas que surgem no período e prevenir possíveis problemas futuros. O ideal é estar em dia com todos os seus exames, principalmente para verificar os níveis de glicemia, colesterol, vitamina D e cálcio, além da mamografia e exames pélvicos. Vale ressaltar que existem indicações e contra-indicações para os mais diversos tipos de tratamento da menopausa e, para isso, todos os seus exames devem estar atualizados. Nesta publicação falamos sobre isso: Principais exames para a saúde da mulher;

Inicie um programa regular de atividades físicas
É possível prevenir o aumento de peso, comum na fase da menopausa, por meio de exercícios físicos aeróbicos regulares. Para isso, é necessário que a mulher comece a se cuidar antes de iniciar os sintomas. Uma boa dica é a musculação, que além de fortalecer a musculatura, ajuda a reduzir o risco de fraturas. Caminhadas diárias também auxiliam a tonificar a musculatura e podem minimizar as “ondas de calor” durante a transição menopausal. Procure um profissional capacitado e com experiência para orientação nas atividades físicas;

Cuide da alimentação
Limite o consumo de alimentos industrializados e mantenha uma dieta rica em verduras e em alimentos ricos em gorduras saudáveis como o salmão, o abacate e o azeite de oliva. O consumo desses nutrientes ajuda a manter os cabelos e a pele saudáveis.

Mulheres no período pré-menopausa devem consumir entre 1.000 a 1.200 miligramas de cálcio por dia (os especialistas recomendam tomar o cálcio em duas ou três doses menores ao longo do dia) e no período pós-menopausa devem consumir cerca de 1.500 miligramas de cálcio e 500 miligramas de magnésio e vitamina D por dia, para a máxima absorção do cálcio ingerido.

Avalie a introdução de terapia de reposição hormonal ou outros tratamentos
Somente em uma consulta com seu médico, ele poderá verificar seu histórico de saúde e avaliar se é possível e necessário iniciar a terapia de reposição hormonal.

As principais indicações para o início da terapia de reposição hormonal são: sintomas climatéricos, diminuição da densidade mineral óssea e sintomas de atrofia urogenital (dentre eles, a secura vaginal).

Existem contra-indicações para o uso da terapia de reposição hormonal, sendo as mais comuns: câncer de mama, histórico de eventos tromboembólicos, hepatites agudas, cirrose severa e sangramento vaginal de origem desconhecida.

Agendar




2 comentários para “Cinco dicas para aliviar os sintomas da menopausa”

  • tenho 45 anos e faco reposicao hormonal por causa da tireoide e ha dois anos nao tenho mais menstruacao e desde entao me sinto no desconforto e estou e adquiri alguns pesos a mais me sinto muito inchada com muitas dores no corpo e muito desanimada sinto um calor e nao sei mais o que faco espero que me ajudem

    • bedmed disse:

      Olá, Leila! Estamos à disposição para atendê-la em nossa clínica. Pedimos que, por gentileza, a Sra. ligue para um de nossos telefones: (11) 5044.1000 / 5531.3125 / 5532.1555. Aguardamos seu contato!

Deixe um comentário