Select language



anticoncepcional injetavel

O contraceptivo injetável, também conhecido como injeção anticoncepcional, é um método de contracepção hormonal bastante indicado por médicos ginecologistas e possui duas formulações diferentes: progesterona isolada ou progesterona em associação com o estrogênio (combinado).

Ele deve ser aplicado na região do glúteo, sendo que o intervalo de administração entre as doses varia de acordo com a composição da injeção.

Basicamente, a injeção de progesterona isolada deve ser aplicada a cada 90 dias (método de depósito), enquanto que a injeção combinada (progesterona + estrogênio) deve ser aplicada a cada 30 dias (mensalmente).

O anticoncepcional injetável possui o mesmo mecanismo de ação que a pílula anticoncepcional, pois ambos inibem a ovulação, alteram a espessura do endométrio e tornam o muco cervical mais hostil à passagem dos espermatozoides.

Devido a essa ação hormonal, o contraceptivo injetável também auxilia no controle do ciclo menstrual.

Quais são os tipos de contraceptivo injetável?

Existem dois tipos de métodos contraceptivos injetáveis que variam de acordo com a sua composição hormonal, tempo de ação e indicação de uso. São eles:

  • Método contraceptivo injetável mensal: como o próprio nome já diz, a composição da injeção garante a contracepção hormonal pelo período de um mês. Assim como a pílula anticoncepcional combinada, o contraceptivo injetável mensal contém estrogênio e progesterona. Deve ser injetado pela primeira vez durante os primeiros cinco dias após o início do fluxo menstrual e as doses seguintes devem ser aplicadas em intervalos que variam entre 27 a 33 dias, seguindo as instruções do médico especialista. No cotidiano da clínica BedMed, esse método é mais indicado para pacientes que apresentam dificuldades em ingerir as pílulas anticoncepcionais (principalmente devido a problemas gastrointestinais) ou que esquecem de ingerir os comprimidos com bastante facilidade (principalmente pacientes jovens que estão iniciando a vida sexual). Esse método não promove aumento do peso corporal;contraceptivo injetavel
  • Método contraceptivo injetável trimestral: a fim de evitar uma gravidez indesejada por um tempo maior, a mulher que opta pelo método contraceptivo injetável trimestral recebe, a cada três meses, uma dose intramuscular de hormônio que inibe a ovulação. O músculo que recebeu a aplicação libera lentamente a progesterona para corrente sanguínea ao longo de 90 dias. Como esse método não contém estrogênio em sua composição, ele pode ser utilizado durante a amamentação ou em pacientes que apresentam contra-indicação ao uso de estrogênio (por exemplo: pacientes com hipertensão arterial). Claro que todos os métodos anticoncepcionais devem ser utilizados apenas após a orientação do ginecologista ou do médico obstetra responsável. Esse método também deve ser aplicado pela primeira vez durante os primeiros cinco dias do fluxo menstrual e as doses seguintes devem ser aplicadas a cada 90 dias. Infelizmente, esse método pode promover um leve aumento no peso corporal, porém isso não acontece em todas as pacientes.

A principal orientação da clínica BedMed com relação aos métodos injetáveis é que, apesar de serem muito indicados por especialistas para evitar uma gestação indesejada, esses métodos não protegem contra a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis. Sendo assim, o ideal é sempre associar o uso da injeção a um método de barreira, como a camisinha feminina, por exemplo.

O anticoncepcional injetável é bastante eficaz e seguro, com chances de falha que variam de 0,1% a 0,6% para a vacina mensal e 0,3% no caso da vacina trimestral.





Deixe um comentário